Faça Valer. Faça FAAP.

Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores

* Curso autorizado pelo Tribunal de Justiça do estado de São Paulo em conformidade com a Resolução nº 125/2010, do Conselho Nacional de Justiça e sua alteração pela Emenda nº 01/2013.

** Conforme a Lei 13.140/15 – Lei da Mediação, o aluno que concluir e for aprovado no curso de Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores receberá o certificado da FAAP, porém, só poderá registrá-lo no NUPEMEC do TJ/SP se comprovar que possui diploma de curso superior há pelo menos 2 anos.

Não há vagas disponíveis para esse curso.
Avise-me

DATAS A DEFINIR

FORMA DE PAGAMENTO:
Cartão de Crédito - Visa ou Mastercard (com cartão de crédito a matrícula pode ser realizada pela internet)
Cheque pré-datado – matrículas somente presencial
Boleto à vista – enviar e-mail para cursos.sjc@faap.br                 

CAMPUS: São José dos Campos

OBJETIVO:
Expor as políticas públicas de tratamento aos meios adequados de solução de conflitos e atuação do Conselho Nacional de Justiça. Apresentar a normativa do tema e das metodologias adequadas para tratamento das lides na atualidade. Compreender a "Teoria Geral do Conflito" e abordagem das ferramentas hábeis à pacificação.
Capacitar Mediadores e Conciliadores para atuação junto ao Poder Judiciário e Entidades Privadas, com certificação habilitada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

A QUEM SE DESTINA:
Graduados em qualquer área há pelo menos 2 anos. Interessados na área de resolução de conflitos, com atuação judicial e extrajudicial. Advogados, bacharéis em direito, conciliadores, mediadores e serventuários da justiça. Membros do Ministério Público e Magistratura.

METODOLOGIA:
Aulas expositivas, dinâmicas de grupo, apresentação de seminários e prática supervisionada.

COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO:
Prof. Dr. José Roberto Neves Amorim

I – INTRODUÇÃO AOS MEIOS ALTERNATIVOS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS
• A Política Pública de Tratamento Adequado de Conflitos
• Métodos Adequados de Solução de Conflitos: Conciliação e Mediação 
• Arbitragem e outras Técnicas de Solução de Conflitos
• Comunicação e Conflito 
• A Cultura da Paz
• CEJUSC - Pacificação e Cidadania

II – CONCILIAÇÃO E SUAS TÉCNICAS
• Negociação em Conflitos
• Introdução à Conciliação
• A Conciliação e suas Técnicas 
• O Conciliador e o Código de Ética
• Conciliação nas Relações de Consumo

III – MEDIAÇÃO E SUAS TÉCNICAS
• A Mediação e sua Origem
• Mediação e suas Técnicas
• Mediação Familiar
• Teoria da Mediação – Prática Supervisionada I – Resolução nº 125/2010 CNJ
• Teoria da Mediação – Prática Supervisionada II – Resolução nº 125/2010 CNJ

 IV – MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO - PRÁTICA SUPERVISIONADA – RESOLUÇÃO nº 125/2010 CNJ
Além das aulas presenciais haverá prática supervisionada em CEJUSCs, Tribunais Arbitrais e Audiências Judiciais etc.

Prof. Alessandro de Souza Lima (professor convidado)
Possui especialização em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade São Francisco; Professor universitário; Juiz de Direito.

Profa. Jaqueline Bueno Ignácio (professora convidada)
Possui graduação em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Vale do Paraíba. Conciliadora de acordo com a resolução 125 do CNJ - Juizado Especial Criminal, 1ª Vara Cível e CEJUSC; Pós-graduada pela Escola Paulista da Magistratura com ênfase no ensino superior - especialização em métodos alternativos de solução de conflito(conciliação e mediação) e aplicação no Código de Direito do Consumidor; Pós-graduada em Direito Público pela Faculdade de Direito da UNIDERP; Advogada.

Prof. José Roberto Neves Amorim
Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Conselheiro do Conselho Nacional de Justiça – CNJ (2011-2013); Doutor e Mestre em Direito Civil e Processual Civil pela Faculdade de Direito da PUC/SP; Vice-Diretor, Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação e Professor Titular de Direito Processual Civil da Faculdade de Direito da FAAP; Autor de diversas obras jurídicas.

Prof. João José Custódio da Silveira
Mestre em Direito Processual pela Universidade São Paulo; Juiz de Direito;  Coordenador local dos Cursos de Pós-Graduação em Direito da FAAP (SJC).

Profa. Marcia de Fátima do Prado (professora convidada)
Possui Pós-graduação em Métodos Alternativos de Soluções de Conflitos (Conciliação e Mediação) e Aplicação no Direito do Consumidor pela Escola Paulista da Magistratura em São José dos Campos; Pós-Graduação em Direito Civil e Direito Processual Civil pela Faculdade de Direito da Universidade Paulista; Graduação em Direito pela Faculdade de Direito da  Universidade Paulista; Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade de Taubaté; Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade do Vale do Paraíba; Advogada; Inscrita no Convênio OABSP X DPESP - Defensoria Pública do Estado de São Paulo; Conciliadora voluntária - Juizado Especial Civil da Comarca de São José dos Campos.

Prof. Marcos Alexandre Bronzatto Pagan
Graduado em Direito pela USP e em Administração de Empresas pela FGV; Especialista em Direito Privado e em Métodos Alternativos de Solução de Conflitos (Conciliação e Mediação) pela EPM; Professor universitário e de diversos cursos Extensão e Pós-Graduação (FAAP, ESA, EPM, e CPC Marcato) nas disciplinas de Português Jurídico, Redação e Prática Forense, Ética Profissional, Processo Civil e Civil; Juiz de Direito, atualmente Titular da 2ª Vara do Juizado Especial Cível da Comarca de São José dos Campos; Juiz da Turma de Uniformização do TJ/SP; Secretário da Comissão Legislativa do FONAJE – Fórum Nacional dos Juizados Especiais e membro da Comissão Organizadora do FOJESP – Fórum dos Juizados Especiais do Estado de São Paulo; Autor de artigos jurídicos e do livro ‘Ética Profissional’, publicado pela Editora Atlas.

Profa. Rosangela Landucci Mafort Vieira
Advogada; Psicóloga; Conciliadora da 1ª Vara de família de São José dos Campos/SP; Ex- Presidente da Comissão de Conciliação, Mediação e Arbitragem da OAB – São José dos Campos/SP.

“A FAAP reserva-se o direito de alterar o corpo docente durante o curso em função de necessidades pessoais ou institucionais, não comprometendo a qualidade do curso.

Observaçao: É facultado a FAAP o cancelamento ou o adiamento do curso no prazo de até dois dias antes da data prevista para seu início, hipótese em que será restituído ao candidato o valor pago, no prazo de dez dias úteis a contar da data em que o candidato informar, por escrito, os dados de conta corrente bancária para a restituiçao. Nos cursos ministrados em mais de um módulo, é facultado também a alteraçao dos dias e horários de aulas do(s) módulo(s) subsequente(s), caso seja necessária a reorganizaçao de turmas.

Topo