excc
MENU
Imagem da área

Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores

SOBRE

* Curso autorizado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo em conformidade com a Resolução nº 125/2010, do Conselho Nacional de Justiça e sua alteração pela Emenda nº 01/2013 e reconhecida pela ENFAM – Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados.
** Conforme dispõe a Lei 13.140/15 – Lei da Mediação, o aluno que concluir e for aprovado no curso de Capacitação, Treinamento e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores receberá o certificado da FAAP, porém, só poderá registrá-lo no NUPEMEC do TJ/SP se comprovar que possui diploma de curso superior há pelo menos 2 anos.

Carga Horária: 124 horas-aula (64 de aulas presenciais + 60 de prática supervisionada)

Período: 27 de outubro/2018 a 13 de abril/2019

Dias da Semana: sábados

Horário: 9h – 12h35

INVESTIMENTO TOTAL:
Público externo: 6 parcelas de R$480,00
Aluno, Ex-Aluno Formado, Funcionário e Professor: 6 parcelas de R$432,00

Forma de Pagamento:
Cartão de Crédito - Visa ou Mastercard (com cartão de crédito a matrícula pode ser realizada pela internet)
Cheque pré-datado – matrículas somente presencial
Boleto à vista – enviar e-mail para cursos.rp@faap.br   

Campus:
Ribeirão Preto

Objetivo
Propiciar aos alunos uma compreensão sólida e abrangente dos mecanismos de resolução de disputas e de solução adequada dos conflitos de interesse, diante de nova realidade trazida pelas atuais normas legais que fomentam a solução consensual dos conflitos.

Por exemplo, o incentivo da conciliação, mediação e outros métodos de solução consensual de conflitos pelo atual Código de Processo Civil (Lei 13105/2015) que os elevaram ao patamar de norma fundamental do processo civil. Finalidade de entregar ao discente as ferramentas essenciais que o auxiliará harmonizar a sociedade, principalmente por meio de formas consensuais e ações comunicativas e negociais. 

A quem se destina
Interessados na resolução de conflitos, com atuação judicial e extrajudicial. Profissionais do direito e de outras áreas. Advogados, bacharéis em direito, conciliadores, mediadores e serventuários da justiça. Membros do Ministério Público e Magistratura. Sendo que para a atuação na Mediação Judicial há a necessidade do preenchimento dos requisitos legais, atualmente, graduação há pelo menos dois anos em curso de ensino superior de instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Metodologia
Aulas expositivas, dinâmicas, discussões, debates, trocas de experiências, compartilhamento de casos com aplicação prática, simulações de casos práticos, atividades de interação entre alunos e entre grupos de alunos, prática supervisionada.

Coordenação dos cursos de extensão e Pós-graduação em Direito
Prof. Me. Mário Luiz Sarrubbo (currículo Lattes)

PROGRAMA

I – Métodos Autocompositivos de Resolução de Disputas
- Política Pública de Tratamento Adequado dos Conflitos.
- Administração e Resolução dos conflitos.
- Qualidade e Justiça em Mediação. Cultura da Paz. CEJUSC – Pacificação e Cidadania.
- Teoria dos Jogos. Conflito, adequação e relações sociais.

II – Comunicação e Negociação – Pilares Fundamentais da Autocomposição
- Introdução e Ferramentas e Gestão da Comunicação.
- Introdução e Fundamentos da Negociação.
- Ferramentas e Técnicas de Negociação.
- Introdução. Legislação e Princípios da Mediação e Conciliação.

III – Mediação e Conciliação (Parte I)
- O Processo da Mediação. Organização e Planejamento. Provocação de mudanças.
- Ferramentas, abordagens e técnicas autocompositivas I.
- Ferramentas, abordagens e técnicas autocompositivas II.
- Ferramentas, abordagens e técnicas autocompositivas III e Superação de desafios na mediação.

IV – Mediação e Conciliação (Parte II)
- Conclusão da Mediação e Conciliação. Questões éticas na mediação e conciliação.
- Redação de termos em Mediação e Conciliação e peculiaridades poderosas.
- Advocacia na Mediação e Conciliação. Novos horizontes e Áreas de utilização da Mediação (Familiar. Empresarial. Cível. Consumidor. Contratos. Imobiliário. Outras áreas.)
- O Profissional da autocomposição. Qualidade e Estágio Supervisionado.

IV – MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO - PRÁTICA SUPERVISIONADA – RESOLUÇÃO nº 125/2010 CNJ
(no mínimo 60h)
- Além das aulas presenciais haverá prática supervisionada como determinado pela Resolução 125/10 CNJ.

DOCENTES

Prof. José Roberto Neves Amorim
Doutor e Mestre pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica - PUC/SP; Diretor e Professor Titular de Direito Processual Civil da Faculdade de Direito da FAAP; Advogado; Consultor Jurídico; Desembargador aposentando do Tribunal de Justiça de São Paulo – TJ/SP; Conselheiro do Conselho Nacional de Justiça – CNJ (2011-2013); Coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - NUPEMEC (2013-2016); Autor de diversas obras Jurídicas.

Prof. Guilherme Bertipaglia Leite da Silva
Instrutor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no Movimento pela Conciliação; Formador de Instrutores em Mediação e Conciliação do CNJ; Instrutor em Mediação Judicial do CNJ; Supervisor nos Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de mediadores e conciliadores da Escola Paulista da Magistratura (EPM-TJSP); Docente em pós-graduação; Advogado; Palestrante; Mediador e Conciliador no Tribunal de Justiça de São Paulo e na Justiça Federal (Tribunal Regional Federal da 3ª Região); Experiência principal em mediação e conciliação nas áreas: Cível, Família e Sucessões, Empresarial, Médicas e Odontológicas, Condominial, Pública, Conflitos Coletivos, Escolar e Previdenciária; Docente em Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Mediadores e Conciliadores na esfera pública e privada; Desenvolve trabalhos voltados para a Política Pública de Tratamento Adequado dos Conflitos de Interesse e Trabalhos no desenvolvimento e expansão da Pacificação Social.

Profª Juliana Maria Pollomo Barros dos Santos (professora convidada)
Doutora em Serviço Social pela UNESP; Mestre em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto - UNAERP; Especialista em Direito Civil e Processo Civil pela Universidade de Franca – UNIFRAN; Graduada em Direito pela Universidade Estadual Paulista - UNESP;. Advogada colaborativa. Mediadora judicial. Conciliadora e Mediadora no Centro Judiciário de Solução de Conflitos - Central de São Paulo (CEJUSC SP) e no Fórum Central “João Mendes Júnior”. Mediadora privada e membro do corpo de especialista de Câmaras privadas de Mediação e Arbitragem. Docente experiente para cursos de capacitação de mediadores, de formação continuada e de facilitação de diálogos para atendimento e equipes. Instrutora de Mediação certificada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Formadora de instrutores. Supervisora em Mediação pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Expositora da Oficina de Pais e Filhos do Fórum “João Mendes”.

Profª Cárita Martins Pellegrini Carizzi (professora convidada)
Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Uberlândia. Especialista em Direito Processual Civil pela Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Mestre em Direito e Desenvolvimento pela Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Advogada.

Profª Daniela Cristina Caspani Garieri (professora convidada)
Advogada. Pós-graduada em Direito de Família e Sucessões pela EPD. Coordenadora do Núcleo Regional do IBDFAM/Ribeirão Preto. Coordenadora da Comissão de Direito de Família da OAB/Ribeirão Preto. Autora de artigos jurídicos publicados em sites e Revistas Jurídicas. Conferencista e palestrante.

Profª Tassiane Tamara Locali (professora convidada)
Bacharel em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie São Paulo/SP, Pós Graduada em Direito do Trabalhado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo/SP, Advogada, Mediadora e Conciliadora do Tribunal de Justiça de São Paulo/SP, Comarca de Leme/SP, Instrutora em formação do Conselho Nacional de Justiça, Instrutora da Oficina de Pais e Filhos em São Miguel Paulista/SP.

Profª Carolina Moreira Gama (professora convidada)
Graduação em Direito na PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica. 4ª Juíza Auxiliar da Comarca de Ribeirão Preto, sob a competência atual de auxiliar a 2ª Vara Criminal da Comarca de Ribeirão Preto, o Anexo da Violência Doméstica da Comarca de Ribeirão Preto, e ainda auxiliar no Juizado Especial Cível da comarca de Ribeirão Preto/SP.

Prof. Sebastião Donizete Lopes dos Santos (professor convidado)
Promotor de Justiça (Ministério Público do Estado de São Paulo). Professor de Direito Processual Civil. Mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP.

“A FAAP reserva-se o direito de alterar o corpo docente durante o curso em função de necessidades pessoais ou institucionais, não comprometendo a qualidade do curso.