exma
MENU
Imagem da área

Meio Ambiente: Temas Atuais

Turma Confirmad

Não há vagas disponíveis para este curso.

SOBRE

CARGA HORÁRIA: 32 horas-aula

PERÍODO: 23 de abril a 21 de maio /2018.

DIAS DA SEMANA: Segundas e Quartas

HORÁRIO: 19h10 - 22h45

INVESTIMENTO TOTAL:
Público externo: 5 parcelas de R$272,00
Aluno, Ex-Aluno, Funcionário e Professor:  5 parcelas de R$244,80

FORMA DE PAGAMENTO:
Cartão de Crédito - Visa ou Mastercard (com cartão de crédito a matrícula pode ser realizada pela internet)
Cheque pré-datado – matrículas somente presencial
Boleto à vista – enviar e-mail para cursos.sp@faap.br  

CAMPUS: São Paulo – Sede

OBJETIVO:
Analisar as conquistas sobre o meio ambiente a partir de temas relevantes no cenário nacional e internacionais quanto à sua efetividade nas políticas dos Estados e os desafios que ainda precisam ser enfrentados implementação.
Qualificar o debate sobre temas relevantes, atuais e polêmicos.

A QUEM SE DESTINA:
Profissionais e alunos de graduação em curso superior, que tenham interesse e curiosidade em debater temas da atualidade num ambiente apropriado para compartilhar conhecimento com especialistas renomados.

METODOLOGIA:
Aulas expositivas, debates, filmes, simulações ou qualquer outro meio didático-pedagógico que possibilite a melhor percepção e análise do objeto de estudo. A metodologia obedece a critérios pedagógicos e didáticos frutos da experiência e percepção da atividade docente bem como de estudos em obras referenciais ligadas à didática do ensino superior. A utilização dos recursos didático-pedagógicos tem por fim a busca da consciência crítica e o aprofundamento das análises tão necessários às competências para o exercício da cidadania e habilidades profissionais.

Coordenação dos cursos de extensão e Pós-graduação em Direito
Prof. Me. Mário Luiz Sarrubbo

PROGRAMA

1º Tema
Água e responsabilidades compartilhadas nas bacias hidrográficas transfronteiriças: a negociação e implementação de ações.

2º Tema
Regime internacional das mudanças climáticas: os grandes acordos e desacordos em relação ao clima.

3º Tema
Cidades sustentáveis.

4º Tema
Amazônia: desafios para o desenvolvimento sustentável.

5º Tema
Áreas contaminadas: Decisão de Diretoria da Cetesb nº 38/2017: desafios, dificuldades e oportunidades para o setor de áreas contaminadas.

6º Tema
Segurança Alimentar.

7º Tema
Energia: Os desafios do setor de energia e o Acordo de Paris.

8º Tema
Termo de Ajustamento de conduta: desafios e oportunidades num processo de negociação.

DOCENTES

Prof. Alexandre Uhlig (professor convidado)
Obteve os graus de Físico, Mestre e Doutor em Energia pela Universidade de São Paulo. Gerenciou o Departamento de Meio Ambiente da Companhia Energética de São Paulo (CESP), onde acompanhou a implantação de empreendimentos, projetos sociais e ambientais durante 15 anos. É consultor da FAO (Food and Agriculture Organization) da Organização das Nações Unidas (ONU) e da International Energy Agency (IEA). Responde pela área de Desenvolvimento Sustentável do Instituto Acende Brasil desde 2006.

Prof. Fernando Cardozo Fernandes Rei
Graduação em Ciências Sociais e Jurídicas pela Universidade de São Paulo, mestrado em Direito Comunitario pela Universidade de Coimbra, doutorado em Direitos Fundamentais - Universidad Complutense de Madrid, doutorado em Direito Internacional pela Universidade de São Paulo e em Direito do Estado/Direito Ambiental - Universidad de Alicante. Professor Titular de Direito Ambiental da Faculdade de Direito da Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP e Professor Assistente Doutor no Programa de Doutorado em Direito Ambiental Internacional da Universidade Católica de Santos. Membro do Conselho Editorial da Revista Interfacehs (ISSN 1980-0894), da Revista de Direitos Difusos (ISSN 1517-9192) e da Revista Brasileira de Bioenergia(ISSN 1677-3926). Diretor-Científico da Sociedade Brasileira de Direito Internacional do Meio Ambiente - SBDIMA. Membro do Advisor Board da Network of Regional Governments for Sustainable Development nrg4SD. Tem experiência na área do DIREITO AMBIENTAL, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento sustentável, direito ambiental internacional, políticas públicas, gestão ambiental e mudanças climáticas. Foi por duas vezes Diretor-Presidente da CETESB-Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.

Prof. João Paulo Capobianco (professor convidado)
Doutor em Ciência Ambiental pelo Procam/IEE/USP. Biólogo, ambientalista e consultor, foi Secretário Nacional de Biodiversidade e Florestas e Secretário Executivo do Ministério do Meio Ambiente (2003 a 2008), quando exerceu, entre outras, as funções de coordenador do Grupo de Trabalho Interministerial de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, presidente do Conselho de Gestão do Patrimônio Genético e da Comissão Brasileira de Florestas e vice-presidente do Conselho Nacional do Meio Ambiente. Foi professor visitante da Universidade de Columbia (2008 a 2009) onde desenvolveu estudos na avaliação e identificação de processos capazes de conter o desmatamento em países em desenvolvimento e criar novos fluxos de recursos significativos para a compatibilização do desenvolvimento sustentável nas zonas rurais e a redução da perda de biodiversidade. Fundou e dirigiu várias as organizações não-governamentais no Brasil, incluindo a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Socioambiental e é autor de diversas publicações sobre questões ambientais. Em 2003, o livro Biodiversidade na Amazônia Brasileira, por ele organizado, recebeu os prêmios de melhor publicação em Ciências Naturais e da Saúde e Livro do Ano, concedidos pela Câmara Brasileira do Livro. Atua principalmente nos seguintes temas: conservação ambiental, gestão ambiental, políticas públicas, desmatamento e diversidade biológica. Atualmente é Presidente do Conselho Diretor do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS).

Prof. José Machado Valverde Filho (professor convidado)
Graduado em Ciências Jurídicas, especialista em Direito Ambiental (PUC-SP) e em Gestão Ambiental (Senac-SP). Secretário Parlamentar na Câmara Federal. Coordenador técnico da formulação da Política Nacional de Resíduos Sólidos e da Política de Resíduos Sólidos Paulista. Docente convidado no curso de especialização de Direito Ambiental da PUC/Cogeae/SP. Palestrante em eventos sobre resíduos. Presidente do Instituto Cidadania Ambiental. Autor do livro A Sociedade Civil e o Direito Ambiental. Coordenador da CODEAGRO-SP.

Profa. Juliana Cassano Cibim
Doutora e Mestre em Ciência Ambiental pelo PROCAM/IEE/USP, formada em direito pela UNIMEP/Piracicaba. Professora de direito internacional público, direito agrário e imobiliário na Faculdade de Direito e de direito ambiental internacional no curso de Relações Internacionais da Faculdade de Economia da FAAP. Coordenadora do Clube de Negociação da FAAP. Integrante do Grupo de Estudos e Acompanhamento de Governança Ambiental da USP como professora externa. Master Class em Negociação metodologia de Harvard (2016). Curso de Acordos e Investimentos Internacionais, Águas e Serviços Públicos, Comissão Econômica para América Latina e Caribe (CEPAL), Santiago, Chile, julho- agosto 2007. Curso de Auditor Líder em ISO 14001:2004, DNV, outubro de 2006. Foi coordenadora do Curso de Especialização em Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Questões Globais na Faculdade Direito da FAAP (2008-2012). Foi coordenadora executiva do Instituto Democracia e Sustentabilidade – IDS. Trabalhou como advogada no Departamento Jurídico da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Professora de Meio Ambiente e Agronegócio do MBA em Gestão Estratégica do Agronegócio da EESP/FGV. Professora de Direito e Legislação Ambiental no Curso de Especialização em Gerenciamento Ambiental do CEGEA/Esalq/USP.     Professora na disciplina Ordenamento Jurídico Ambiental no Curso de Pós-Graduação “Conformidade Ambiental com Requisitos Técnicos e Legais” da Escola Superior da CETESB. Membro da Associação dos Professores de Direito Ambiental do Brasil – APRODAB.          Membro da Sociedade Brasileira de Direito Internacional do Meio Ambiente – SBDIMA. Membro do Grupo de Pesquisa Políticas Públicas, Territorialidades e Sociedade do Instituto de Estudos Avançados da USP – IEA/USP.             Colaboradora da Divisão Científica de Gestão, Ciência e Tecnologia Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente da USP – IEE/USP. Editora executiva da Revista Ambiente & Sociedade. É advogada especialista em direito ambiental e sócia da área ambiental do escritório Lopes Pinto, Nagasse Advogados. É Mediadora. É coautora nos livros: Direito e Desenvolvimento Uma Abordagem Sustentável, do qual é também uma das coordenadoras (Cibim, Juliana Cassano; Rosina, Mônica Guise; Rei, Fernando; Nasser, Salem Hikmat); Conflitos e Cooperação pela água na América LAtina (org. Robeiro, Wagner Costa); Prespectivas ambientais (orgs. Guivant e Jacobi); Direito Ambiental Vol. 12 Col. os 10 + Cibim, Juliana Cassano e Rei, Fernando); Direito Internacional do Meio Ambiente: Ensaios Em Homenagem ao Prof. Guido Soares (org.Salem Hikmat Nasser e Fernando Rei) e autora de diversos artigos sobre bacias hidrográficas internacionais.

Profa. Lívia Menezes Pagotto (professora convidada)
Doutoranda em Administração Pública e Governo pela FGV-EAESP, na linha Governo e Sociedade Civil em Contexto Subnacional. Mestre em “Governança Ambiental” pela Albert-Ludwigs-Universität Freiburg. Especialista em Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Questões Globais pela FAAP. Bacharel em Ciências Sociais pela PUC-SP. Iniciou a sua carreira em 2005, na Unilever, e desde 2009 é pesquisadora do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces), com concentração em pesquisas sobre empresas, territórios e desenvolvimento local, investimento social privado, serviços ecossistêmicos culturais e cidades sustentáveis. Atualmente, coordena também a Linha de Pesquisa e Publicação do GVces.

Prof. Rodrigo Cunha (professor convidado)
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura ´Luiz de Queiróz´/USP (1978), mestrado em Solos e Nutrição de Plantas pela Escola Superior de Agricultura ´Luiz de Queiróz´/USP (1988) e doutorado em Recursos Minerais e Hidrogeologia pelo Instituto de Geocências da Universidade de São Paulo (1997). Atualmente é professor e coordenador de curso de pós-graduação do Centro Universitário Senac e gerente da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. Tem experiência na área de Engenharia Sanitária, com ênfase em Contaminação do Solo e da Água Subterrânea, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação de risco à saúde, investigação e remediação de áreas contaminadas, gerenciamento de passivos ambientais, licenciamento ambiental.

Profa.  Sandra Mara Pretini Medaglia (professora convidada)
Mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Graduada em Direito pela PUC/SP. É gerente do Departamento Jurídico da CETESB- Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.

A FAAP reserva-se o direito de alterar o corpo docente durante o curso em função de necessidades pessoais ou institucionais, não comprometendo a qualidade do curso.

PROCESSO SELETIVO

O processo seletivo é constituído das seguintes etapas:

  • Inscrição on-line no site (dados gerais, currículo acadêmico profissional, carta de intenção do candidato e cópia do diploma de graduação ou declaração de colação de grau). A carta de intenção é um texto mínimo de 20 linhas descrevendo os motivos de ter escolhido a FAAP e o curso, bem como o interesse nos temas relacionados ao curso;
  • Análise dos dados do candidato;
  • Recebimento do resultado do processo seletivo por e-mail;
  • Em caso de aprovação, matrícula e pagamento;
  • Entrega dos documentos.

A coordenação do curso, se necessário, poderá realizar entrevistas individuais com alguns ou todos os candidatos.
As vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de efetivação da matrícula.

A FAAP reserva-se o direito de alterar datas, horários, ou cancelar o curso.