exfl
MENU
Imagem da área

Fashion Law

SOBRE

CARGA HORÁRIA: 12 horas-aula

PERÍODO: 06 a 27 de maio/2020

DIAS DA SEMANA: Quarta-feira

HORÁRIO: 19h – 22h

INVESTIMENTO TOTAL::
Público externo: 6 parcelas de R$ 101,67
Aluno, Ex-Aluno Formado, Funcionário e Professor: 6 parcelas de R$ 91,50

FORMA DE PAGAMENTO:
Cartão de Crédito - Visa ou Mastercard (com cartão de crédito a matrícula pode ser realizada pela internet)
Boleto à vista – enviar e-mail para  faapbrasilia@faap.br   

CAMPUS: Brasília

OBJETIVO: 
- Entender os conceitos básicos de propriedade intelectual aplicados ao mercado da moda.
- Conhecer o funcionamento de registro de marcas, desenhos industriais e patentes.
- Entender como proteger as criações da moda.
- Conhecer o conceito de trade dress e de concorrência desleal.
- Conhecer os tipos de infrações e crimes contra registro de marca.

CURSO INDICADO PARA:
Profissionais, empresários do setor de moda e interessados no tema.

DINÂMICA DO CURSO:
Aula expositiva e estudos de casos.

PROGRAMA

- Entender os conceitos básicos de propriedade intelectual aplicados ao mercado da moda.
- Conhecer o funcionamento de registro de marcas, desenhos industriais e patentes.
- Entender como proteger as criações da moda.
- Conhecer o conceito de trade dress e de concorrência desleal.
- Conhecer os tipos de infrações e crimes contra registro de marca.

DOCENTES

Eric Hadmann Jasper
Mestre em direito (LL.M) pela Columbia Law School e em filosofia pela Universidade de Brasília. É professor de direito comercial e de propriedade intelectual da Universidade de Brasília e professor de regulação do Instituto Brasiliense de Direito Público. Integrou o Governo Federal de 2004 a 2009 em cargos relativos a concorrência, regulação e direito do consumidor. Foi associado ao escritório Freshfields Bruckhaus Deringer, em Bruxelas. Integra os comitês de Direito da Concorrência e de Combate à Corrupção da Ordem dos Advogados do Brasil, seção do Distrito Federal. Sua atuação em casos de relevo tem sido destacada na publicação internacional Chambers and Partners (desde 2014) e na publicação Legal 500.