lvoafc
MENU
Imagem da área

O Amor na Filosofia e no Cinema

SOBRE

CARGA HORÁRIA: 18 horas

PERÍODO: 05 de abril a 10 de maio / 2018

DIAS DA SEMANA: Quintas

HORÁRIO: 19h – 22h

INVESTIMENTO TOTAL:
Público externo: 4 parcelas de R$202,50
Aluno, Ex-Aluno, Funcionário e Professor: 4 parcelas de R$182,25

FORMA DE PAGAMENTO:
Cartão de Crédito - Visa ou Mastercard (com cartão de crédito a matrícula pode ser realizada pela internet)
Cheque pré-datado – matrículas somente presencial
Boleto à vista – enviar e-mail para cursos.sp@faap.br      

CAMPUS: São Paulo – Sede

OBJETIVO:
- Compreender, a partir de textos da Filosofia, da História, da Sociologia, da Antropologia, da Semiótica, da Psicanálise, da Psicologia e da Literatura, as diferentes concepções sobre o Amor, ao longo da tradição ocidental, e suas consequentes transformações, a partir do capitalismo moderno dos séculos XIX e XX;
- Entrelaçar as discussões teóricas, acerca do Amor, com filmes previamente selecionados, para ampliar as potências das discussões, e mostrar a construção de um imaginário coletivo imagético no ocidente sobre o tema.

A QUEM SE DESTINA:
Pesquisadores, professores e estudantes, da área de ciências humanas e cinema, e interessados em geral no assunto.

METODOLOGIA:
- Aulas expositivas, com participação dos estudantes;
- Indicação dos filmes/ documentários;
- Recomendações de textos, documentários, vídeos e filmes;
- Indicação de livros e bibliografia complementar de acordo com o interesse de específico de cada estudante.

PROGRAMA

Aula 1 – Pode o Amor gerar belos discursos e obras? – D´ “O Banquete” de Platão à Recherche de Proust ;

Aula 2 – A philia (amizade) e Eros na Antiguidade Clássica Greco-Romana;

Aula 3 – O Amor na tradição filosófica cristã e judaica;

Aula 4 – Da Idade Média ao Renascimento: a Amizade contra a servidão voluntária em Michel de Montaigne e Étienne de La Boétie;

Aula 5 – A Modernidade – O romantismo esclarecido em Jean-Jacques Rousseau ao amor como história de uma perda em Freud;

Aula 6 – É o ciumento um filósofo? O tema da paixão em Proust como mobilizador para o pensamento.

DOCENTES

Brunno Almeida Maia
Pesquisador em Filosofia pela Unifesp e professor do Senac Lapa Faustolo, ministrou cursos sobre as relações entre a Moda, a Filosofia e a Literatura na Escola São Paulo, na FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, no Centro Universitário Belas Artes, na Biblioteca Mário de Andrade, no Sesc Consolação, no Sesc Pompeia, no Sesc Ipiranga e no CPF – Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP. É autor do livro “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Ed. Giostri, 2014), “Moda Vestimenta Corpo” (Ed. Estação das Letras e Cores, 2015) e “São Paulo em Palavras” (Editora Aquarela Brasileira, 2017).